24 de abril de 2020

Como e porque manter o grow arejado

Toda energia das plantas vem da fotossíntese, processo onde a luz é consumida e transformada em energia química. Durante este processo, ocorre também o consumo de dióxido de carbono, formando gás oxigênio. Por isso é importante manter o grow arejado sempre.

Para um desempenho ótimo, o ideal seria a criação de um ambiente artificial controlado, com exaustor, termohigrômetro, filtro de carbono, ar condicionado, umidificador e sistema de CO2. Mas, como o custo deste ambiente é muito elevado, não é recomendado a growers de primeira viagem. Como alternativa, trouxemos um sistema mais básico que atende bem às necessidades da maioria dos cultivos.

SISTEMA DE EXAUSTÃO

De todos os itens citados, o exaustor é um dos principais, pois ele será o responsável por forçar a saída do ar da estufa, fazendo com que o ar novo entre. Para estufas maiores, é recomendado o uso de dois exaustores: um para retirar o ar velho e um para inserir ar novo. Também é importante que estes dois exaustores sejam posicionados em lados opostos, com o intuito de criar uma corrente de ar. A corrente deve passar por toda a estufa para garantir a troca do ar todo. O número de exaustores necessários ao grow depende de fatores como tipo e quantia de lâmpadas utilizadas, mas, principalmente, do tamanho da sua estufa. Você encontra os exaustores Axiais e Dual TT aqui na Cultiva. Para saber quantos e quais utilizar, confira a tabela abaixo.

Exaustor Profan Dual TT Extractor
Exaustor Dual TT 150mm – Garden Highpro

OUTROS COMPONENTES

Termohigrômetro

É necessário o uso de um termohigrômetro, que mede a umidade e temperatura da sua estufa. Desta forma é possível ter mais controle sobre o ambiente que você estará criando. Lembre de manter a temperatura entre 21 a 29 ºC quando as luzes estiverem ligadas, e de 14 a 21 ºC quando estiverem desligadas. Caso a sua região de cultivo seja muito quente, considere a possibilidade de ligar as luzes durante a noite, ao invés de durante o dia. Isso pode abaixar a temperatura do seu grow. Algumas strains podem preferir temperaturas específicas, o ideal é conhecer a sua planta para dar o que ela precisa.

Termohigrômetro básico
Termohigrômetro básico – Garden HighPro

Filtro de carbono ativado

Se o cheiro da planta for um problema, você pode adicionar um filtro de carbono ativado à sua estufa. Este equipamento é responsável por limpar o ar de saída, sem deixar resíduos de carbono. Também pode ser utilizado para filtrar o ar que entra na estufa, mas não é estritamente necessário.

Com o uso do filtro de carbono, é necessário controlar a umidade, pois ela pode danificar o material. Por isso, fique de olho e mantenha-a sempre a baixo de 65%. Caso esteja muito baixa, pode-se adicionar um umidificador, que você encontra aqui.

filtro de carvão garden highpro
Filtro de Carvão ProActiv – Garden HighPro

Ventilador

Também é importante ter uma brisa leve e constante no grow, pois o vento fortalece os galhos das plantas. Além disso, ajuda a criar um ambiente menos suscetível a mofo e pestes. No entanto, lembre-se de não apontar o vento diretamente às plantas, pois pode danificá-las.

Ventilador Mini com presilha
Ventilador presilha tipo clip

Para ter um exemplo de como posicionar os equipamentos para manter o grow arejado, veja a imagem abaixo.

Exaustor Profan Dual TT Extractor
Exemplo de instalação no grow

Publicidade

Leia Também

ESSE BLOG NÃO É PARA MENORES DE IDADE!!

VOCÊ TEM 18+?