28 de março de 2017

Estivemos na Expoweed 2016 e vamos te contar tudo

Fala growers!!! Como já andamos espalhando por aí e já demos uma prévia do que a gente aprontou, alguns bons já sabem que a Cultiva crew colou na Expoweed 2016.

Foram dias de muito suor, sangue, lágrimas e muita… maconha!!! A gente se perdeu, mas depois nos achamos. Teve gente encontrando ídolo. Teve fumada em bong de cerveja gelada. Teve muitas compras, muita parceria com grandes marcas, muita risada, perrengue e principalmente novidades pra vocês aproveitarem essa onda tanto quanto a gente aproveitou. Vamos te contar direitinho como foi o evento e o que rolou de mais legal e importante pra cena canábica sul-americana do finalzinho do ano passado, então vem com a gente!

Expoweed 2016 aconteceu nos dias 2, 3 e 4 de dezembro no Parque O’Higgins, em Santiago, capital do Chile. A população do país é de 17,95 milhões de pessoas e 4,88% do total da população entre 15 e 64 anos, de acordo com um senso de 2010, são consumidores de cannabis, aumentando para 11,3% aproximadamente até o ano de 2015.

expoweed chile
Expoweed Chile 2016

A Expoweed é a maior feira de cannabis da América do Sul e esteve agora no seu quarto ano, instalada em mais de 6.000 metros quadrados de exposição. Foram dezenas de conferências acerca dos tópicos canábicos MedicinalRecreativa eAutocultivo,120 stands de marcas nacionais e internacionais e shows de artistas também locais e estrangeiros. A expectativa dos organizadores era de que, nos três dias de exposição, 20 mil pessoas passassem por lá. Os reais números ainda não foram divulgados.

expoweed chile
Expoweed Chile

 

O Parque O’Higgins é um parque realmente muito extenso, com inúmeras entradas, e isso fez com que a gente andasse bastante ao redor do parque até que achássemos a entrada da Expo, depois de passar por várias outras instalações diferentes dentro dele.

A entrada foi tranquila, e os ingressos estavam pelo preço de 15 mil pesos chilenos o dia, e 25 mil dois dias. Isso dá em torno de 75 reais um dia, e 126 dois dias. Compramos ingressos pra dois dias, que achamos o suficiente para conhecer e aproveitar bem a Expo e acabamos descobrindo que nosso palpite estava certo.

Ao entrar de cara já conseguíamos ver um stand de uma marca de roupas local com uma pegada reggae, e alguns metros depois um gramado verde com algumas árvores pra galera sentar, descansar, comer, curtir uma sombra (o calor estava intenso) e claro, formar aquela roda.

O gramado e as árvores tomavam parte do caminho principal até o teatro onde aconteciam as conferências e o local coberto com todos os stands. Ainda na lateral esquerda, o espaço em círculo onde estavam os foodtrucks e mini-stands de comidas e bebidas estacionados, formando uma pequena praça de alimentação. Fomos direto dar uma olhada nos stands porque a curiosidade tava maior do que qualquer outra possível distração.

expoweed chile público
Expoweed Chile 2016

 

Sementes

Chegando finalmente ao enorme espaço coberto dos expositores da Expo, uma das primeiras marcas logo na entrada era a Green House Company, o mundialmente famoso lar de um banco de sementes, coffeshop, da websérie de sucesso Strain Hunters e por último mas não menos importante o Powder Feeding, linha de fertilizantes e aditivos da marca.

Nessa última novidade, a proposta é apresentar uma linha simples com produtos completos onde não se faça necessário a compra de uma linha inteira de fertilizantes pra garantir resultado satisfatório como ocorre com muitas marcas hoje. O stand era inflável, visivelmente recheado de pôsteres das diferentes strains vendidas pela marca e na mesa estrategicamente colocada ao lado do corredor estavam eles: os Strain Hunters Arjan e Franco.

strain hunters
Strains Hunters

 

Ao lado do stand da Green House, pra pesar o rolê já de cara no quesito sementes, estavam a Barney’s Farm e a Dutch Passion, auto-proclamada inventora das sementes feminizadas e o segundo mais velho banco de sementes da Europa. Já o catálogo daBarney’s Farm parecia uma sala de troféus: das 40 strains disponíveis, 14 delas eram vencedores de premiações, algumas com mais de um troféu pra conta.

Em uma conversa com o próprio Derry, fundador da Barney’s, ele nos conta que a mais procurada entre as novas variedades é a Cookies Kush (Girl Scout Cookies x OG Kush), ganhadora da Cannabis Cup de 2014 que fundiu as grandes qualidades da OG Kush com o poderoso sabor de chocolate com menta e aroma de recém-colhido que caracteriza a Girl Scout Cookies. A strain é forte contra condições adversas, fazendo dela mais fácil de ser cultivada, e o nível de THC é de 24%.

A Expo contava com muitas marcas de sementes, dentre elas famosas como Royal Queen Seeds e Sensi Seeds, bancos como Eva Seeds, Shaman Genetics, Buddha Seeds e Pyramid Seeds e lojas como Semillas del Huaso, Delicious Seeds, Pure DNA e Dinafem.

Fertilizantes

Continuando a visita aos inúmeros stands da Expo, percebemos que ela também estava muito bem representada  no quesito fertilizantes e nutrientes. A primeira que tivemos a grandessíssima oportunidade de encontrar foi a Biobizz, onde dois gigantescos vasos, um de cada lado, enfeitavam o stand que também distribuía morangos frescos para os passantes efertilizantes uma hora ou outra.

Lá conversamos com Patrick, marketing da marca, que nos contou planos futuros para novas expansões e nos apresentou seu mais novo produto, o Acti-Vera. Ele protege e estimula o sistema imunológico da planta tornando-a mais forte, potencializa o crescimento e a vitalidade, aumenta a absorção de água e nutrientes fazendo com que ela chegue em todas as partes da planta e ainda germina sementes mais rapidamente. Ponto pra eles.

activera
Acti.Vera da Biobizz

De vizinhos da Biobizz estava a Top Crop. Entramos pra nos inteirar e descobrimos que o que há de novo está na fórmula: ela veio melhorada e até 4x mais concentrada! O stand, feito para parecer com um celeiro, abrigava um espantalho contratado pra borrifar água nas pessoas que ali se acumulavam curiosas ou que apenas esperavam ganhar amostras grátis. E não demorou muito pra que os representantes da marca começassem a agitar todo mundo pra que entrassem na brincadeira e gritassem alguns coros que valiam fertilizantes. Bastaram dois stands da turma dos nutrientes pra gente notar que essa rapazeada é animadassa.

Outra hora ainda topamos com nomes como a Hesi, que além de um novo pack de fertilizantes para interior e exterior e diferentes tipos de solo, possui um diferencial: um aplicativo que te ajuda com dúvidas e dá conselho pro seu cultivo de plantas. Você pode enviar perguntas que serão respondidas em até 24h! O app, disponível para iOS e Android, fica ainda melhor: o download é gratuito. E pra fechar o tanto de coisas boas oferecidas pela marca além dos seus excelentes produtos, uma roda da fortuna formava uma grande fila com pessoas de todas as idades esperando pra girá-la e levar seu prêmio.

Bio Nova divide seus ferts de forma interessante: um pacote basic para êxito sem complicações, dedicated para os apaixonados que desejam qualidade e professional para um caminho até o controle completo do seu cultivo. Já na BAC, outra peso-pesado dos fertilizantes, o clima era de descontração, e mesas onde alguns se reuniam davam constantemente o tom da Expo: fumaça pro alto. Além dessas grandes marcas, haviam ainda AtamiOrganik e Grotek expondo, dentre outras.

Equipamento

Abrangendo desde tendas, iluminação, exaustão e ventilação à qualquer coisa que possa ser considerada equipamento necessário para o plantio, a Expoweed 2016, um dos eventos canábicos mais importantes da América Latina, não desapontou. Certificando-se de que marcas como Homebox, considerada a melhor do mundo em estufas (que expôs somente a sua mais nova linha de estufas de cultivo) e Garden High Pro estivessem presentes, essa última com o maior stand do evento, fizeram com que essa parte não ficasse muito atrás. Além delas foram pouco mais de uma dezena de growshops locais contados, comoPurple GrowGreen Line ChileCultivo SecretoCasannabis e Cañamo Growshop. Alguns distribuidores, marcas de lâmpadas como Chibralux, de vasos inteligentes como Autopot e Smartpot e Pro System Aqua, fabricante de sistemas hidropônicos.

 

 

Headshop

Como não só do plantio se faz o homem, adentramos a densa névoa que pairava sob os corredores e stands e aproveitamos a deixa pra desbravar todas as lojinhas da fumaça que encontramos. Uma dessas que com certeza vale a pena citar é a da rapaziada da Super High Parafernalia pelo seu extenso catálogo e variedades e a Quema Smokeshop pela curadoria dos seus produtos, escolhidos a dedo, assim como a Kushbreak. Duas consistentes lojas de vaporizadores foram a pioneiraVaporizadores Chile (que nos disse que seu produto mais vendido é o Da Vinci V2, vap portátil) e a Andes Vapor.

 

Agora vamos falar de inovação:  num stand, que nos horários de pico da exposição estava sempre cheio de curiosos, uma modelo fazia demonstrações do produto. A invenção em questão é o Cañong, bong de cerveja feito de um bocal de borracha. Ele acopla uma cerveja como o bowl e possui duas entradas: uma para a erva e outra para você fumar e beber, uma excelente ideia e uma ótima execução. Testamos, nos amarramos nele e trouxemos essa pro Brasil junto com a gente pra compartilhar com todos vocês!

Depois dessa session pesada e de já ter visto absolutamente tudo pela primeira vez, começamos a pensar em aproveitar um pouco mais e fomos renovar as energias do melhor jeito: comendo! Ao lado do local coberto onde ficavam os stands estavam os foodtrucks, ao ar livre e estacionados em círculo em uma baita vibe de acampamento, com mesas de madeira extensas onde todos comiam juntos e conversavam.  O cardápio era variado: sucos naturais e raspadinhas pra ajudar com o calor, sanduíches, hambúrgueres, churros e mais.

Entretenimento

A Expoweed 2016 foi embalada por shows de artistas chilenos como o rapper Bubaseta, o grupo Liricistas e a rapper Ana Tijoux, o que colocou o rap numa posição de destaque durante os três dias de evento. Teve ainda apresentação de uma das orquestras mais importantes do Chile, Chico Trujillo, que combina cumbia clássica, bolero, música latino-americana e reggae.

Ela contou ainda com uma área totalmente dedicada às crianças, espaço coberto recheado de brinquedos, pensada pra que todos pudessem se divertir do seu jeito. Ao lado, a Vapor Zone, espaço coberto no maior estilo circo dava palco para bandas se apresentarem e fazia casa para uma das maiores marcas que você respeita: a Volcano, dona dos vaporizadores de mesa mais tops do mercado.

volcano
Vaporizador Volcano

 

Palestras

Os três dias de Expoweed foram divididos em três temas abordados por dia nas conferiencias canábicas: o Autocultivo, oRecreativo e o Medicinal, que abordou temas como a extração de azeite de cannabis rico em CBD com etanol puro, controle de qualidade ou a importância da investigação clínica da cannabis medicinal.

Duas importantes participações da feita foram o nova-iorquino de 71 anos, ativista da cannabis há mais de 30 e um dos maiores defensores do uso medicinal da cannabis nos Estados Unidos, Ed Rosenthal. Seus livros, com mais de um milhão de cópias vendidas são clamados por terem ensinado milhares de pessoas ao redor do mundo a cultivar. Ele é ainda membro do International Cannabis Research Society (Sociedade internacional para Pesquisa sobre Cannabis) e assessor do clube San Francisco Cannabis Cultivator. Ele deu uma palestra intitulada “A Evolução do Cultivo de Maconha”, no sábado e no domingo à tarde. O documentário “The Scientist” abriu as conferências com o pessoal da Fundación Canna responsável.

 

 

Além do Guru da Ganja, o escritor do momento no Chile Jorge Baradit contou algumas deliciosas histórias secretas do cânhamo no país, do livro que lhe rendeu parte do sucesso em grande escala das suas últimas publicações, “A História Secreta do Chile”.

Assista um poquinho da nossa trip pra Expoweed 2016. Santiago foi só flores, we will be back!!!

Publicidade

Leia Também

ESSE BLOG NÃO É PARA MENORES DE IDADE!!

VOCÊ TEM 18+?