10 de março de 2020

Homegrow: o que levar em conta para escolher o lugar?

Onde montar meu homegrow? Essa é uma dúvida frequente para quem está iniciando na vida de grower. A resposta exata para essa pergunta só você mesmo pode dar, mas nós da Cultiva vamos tentar te ajudar dizendo os principais pontos que se devem observar na hora de fazer essa decisão e começar seu cultivo indoor sem neuras!

O que observar para escolher o local ideal para montar o homegrow

1. Segurança do homegrow

Sem dúvida, o primeiro e mais importante aspecto a se atentar na hora de começar o cultivo indoor é a segurança do local onde você pensa em montar o seu homegrow. Por mais que cada dia mais a lei brasileira avance sobre a questão das drogas, ninguém quer ter um problema nas mãos, né? Por isso, é sempre bom pensar na discrição do local onde iniciar o cultivo.

O local pensado é fácil de esconder? Qual a probabilidade de uma visita ou alguém indesejado encontrar o seu homegrow? Há janelas ou outras aberturas por perto que possam me entregar para os curiosos? Todo cuidado é pouco!

2. Espaço para a tenda de cultivo indoor

Pense no tamanho da sua tenda. Se você ainda não possui, recomendamos uma ESTUFA com pelo menos 60cm x 60cm x 180m para começar o seu homegrow. Isso é maior que aquele cofre antigo da sua vó! No entanto, ainda é pequena o suficiente para você ter fácil acesso a todas as partes dela e poder dar a devida atenção às plantas.

Por isso, pense em um quarto ou outro cômodo amplo para instalar sua tenda. Afinal, além do espaço para a estufa também é necessário circular no cômodo nem que seja no momento da instalação ou para entrar e sair facilmente.

3. Eletricidade

Seu homegrow precisa de iluminação e circulação de ar dentro da tenda. Por isso, é importante ter uma tomada por perto para ligar lâmpadas e ventiladores. Além disso, é sempre bom se atentar para a qualidade da instalação elétrica do local. Você não vai querer que a sua lâmpada queime com um curto-circuito, né?

Ligar apenas os equipamentos do seu cultivo indoor na tomada que escolher também é uma dica, afinal, durante o período vegetativo das suas plantas você deixará as luzes acesas por pelo menos 18 horas por dia!

4. Calor e ventilação

O uso contínuo das lâmpadas de alta potência utilizadas no cultivo indoor geram calor (e pesam na conta de luz), por isso a temperatura dentro e fora da estufa é sempre uma preocupação. O cômodo escolhido tem janelas que ajudem a ventilação? Bate sol diretamente onde pretendo instalar a tenda? Caso não haja janelas, há algum problema em o ambiente ficar alguns graus mais quente por conta das lâmpadas?

5. Cheiros

O problema acima nos leva a outro problema recorrente com qualquer homegrow: os cheiros. Provavelmente até aquela sua tia caretona reconhece o cheiro de maconha. Por isso, o odor é um fator importante a ser levado em conta para manter a discrição do cultivo indoor.

Se você utilizar um filtro de carvão ativado na exaustão da sua estufa, esse problema praticamente inexiste. Afinal, é sempre bom lembrar que sempre que você abrir sua tenda aquele perfume característico será sentido.

Afinal, onde montar meu homegrow?

Cuidar do homegrow deve ser algo prazeroso! Por isso, você deve evitar ao máximo os problemas para desfrutar desse hobby. Sempre pondere os pontos citados anteriormente antes de começar seu cultivo indoor, mas lembre-se: a menos que pense em gastar dinheiro em uma reforma para adequar o cômodo, analise quais pontos são mais importantes para a sua realidade e priorize-os.

Onde você montou o seu homegrow? Como é esse cômodo? Conta pra gente aí nos comentários!

Publicidade

Leia Também

ESSE BLOG NÃO É PARA MENORES DE IDADE!!

VOCÊ TEM 18+?