1 de agosto de 2016

O que são lúmens?

Ao ir a uma loja especializada ou seu growshop preferido você pode se deparar com uma seleção enorme de lâmpadas, e isso pode acabar te deixando confusona hora de comparar lâmpadas diferentes. 

A compreensão de tipos de lâmpadas assim como sua eficiência e melhores aplicações pode ajudar os marinheiros de primeira viagem a escolher a lâmpada perfeita.

A Potência e Tensão (Watts e Volts) às vezes são confundidas como quantidade de luminosidade. Isso vem da familiaridade das pessoas com a lâmpada incandescente, que tem sido o padrão em iluminação ao longo de décadas em todo o mundo. Porém essa já não é mais uma verdade.

Afinal, o que são os lúmens?

Quando o assunto em questão é lâmpadas, a unidade utilizada para a mensuração da quantidade de luz emitida é em lúmens (lm). Pense sempre que eles são uma nova forma de saber quão brilhante sua lâmpada é. Em outras palavras, quanto maior for a quantidade de lúmens em uma lâmpada, maior será seu brilho e vice e versa.

 

Eficiência luminosa

A maioria das pessoas na hora de comprar uma lâmpada para cultivo indoor ou mesmo para sua sala ou cozinha não leva em consideração a quantidade de Lúmens X Watt. Essa comparação nos mostra a quantidade de luminosidade que uma lâmpada pode gerar em relação ao seu consumo de energia (Watts). Então a dica é: na hora de escolher sua lâmpada, escolha sempre pela quantidade de lúmens e não pelo seu consumo de energia, desta maneira você estará economizando uma boa grana a longo prazo.

 

LED X Halogênea

Com lâmpadas de LED você pode conseguir a mesma quantidade de luz com muito menos consumo de energia. Por exemplo, uma lâmpada de led de 6.5W terá aproximadamente uma eficiência (Lúmen x Watt) luminosa semelhante a uma lâmpada de halogênea de 50W. Isso é 87% menos consumo de energia para a mesma quantidade de luz!

Ao usar lâmpadas de LED, mais energia é convertida em luz ao invés de geração de calor. Então com o avanço da tecnologia e consequentemente o aumento da eficiência das lâmpadas, fica claro que usar a quantidade de Watts como guia já não é mais tão relevante.

Mas como ainda hoje os fabricantes de lâmpadas fluorescentes compactas e lâmpadas LED tendem a enfatizar a potência equivalente em incandescentes ao invés da quantidade de luz (lúmens) fornecida.O problema maior se dá quando não se tem um parâmetro único para medir essa equivalência, ou seja, você pode estar comprando uma lâmpada de LED 10w onde em sua caixa esteja escrito ‘equivalente a uma incandescente de 60w’ e quando você for ligá-la ela acabe não transmitindo a mesma quantidade de luz que você imaginava.

Por este motivo, na hora de escolher qual a melhor lâmpada para cultivo, leve primeiro em consideração a quantidade de lúmens em vez da potência em Watts.

Publicidade

Leia Também

ESSE BLOG NÃO É PARA MENORES DE IDADE!!

VOCÊ TEM 18+?